Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Curta Partilha, Curta Opinião

17
Abr20

Magia, onde andas tu?

Como os outros dizem em poucas palavras: priceless

"Não é giro? Eu acho giro. Então a medicina chinesa não deveria, contrariando toda uma épica ironia, ter posto cobro a este vírus, vindo ele de onde veio? Onde andam esses poderes bio-orgânico-quântico-curativos que os míopes dos médicos eram demasiado arrogantes para entender? Onde anda o vosso bastão, ou varinha, ou, até, a Força? Quando quem verdadeiramente trabalha nos fizer chegar uma vacina ou um fármaco eficaz, iremos então dissertar sobre o quão autistas nos fazem as vacinas, rejeitando tomá-las? Iremos deixar morrer os nossos avós, pais e mães, porque tal fármaco antiviral estará, como só poderia estar, cheio de químicos?"

"Recordámos que quem trata são os médicos, quem cuida são os enfermeiros, quem procura respostas são os cientistas. É ao seu saber que prestamos atenção. Acabou-se o recreio onde brincamos aos encantamentos, agora é hora de os adultos tomarem conta da situação. É que estudar custa. Interpretar o cunho epidemiológico de um vírus, compreender a fisiopatologia de uma doença ou laborar variantes vacinais para descortinar a sua eficácia requer anos de estudo, décadas de experiência e, porventura, séculos de conhecimento científico sobre nós acumulado. Isto não vai lá com poções de água destilada, com maçãs que vitaminam o sistema imunitário ou com o alinhamento dos chakras, perpetrado por “doutores” com o diploma tirado num quintal."

https://www.publico.pt/2020/04/16/ciencia/opiniao/esgotouse-tempo-magias-1912447?fbclid=IwAR33GYKVEAI9axJkSvOZ-MAu9tjRzsKoiSOx92HXB8Q5ag3S_CeEYeTEOww

OPP.jpg

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.